Daniel Pereira Cristo encanta no Ateneu Artístico Vilafranquense [vídeo]

Cerimónia de atribuição do prémio Carlos Paredes 2018

Teve lugar no dia 23 de fevereiro de 2019, no Ateneu Artístico Vilafranquense, a atribuição oficial do Prémio Carlos Paredes 2018 e de seguida um grandioso concerto com o vencedor, distinção que coube a Daniel Pereira Cristo, pela obra “Cavaquinho Cantado”. Esta foi uma decisão unânime do júri, que considerou a obra um disco de continuidade para a valorização nacional e internacional do cavaquinho e de todo o trabalho realizado em torno deste tetracórdio por Júlio Pereira.

12 músicos em palco elevaram a música e instrumentos de raiz a outro nível, apresentando a um auditório cheio, com atualidade e contemporaneidade, o orgulho na música que é genuinamente portuguesa.

Desde muito cedo na vida de Daniel Pereira Cristo, os instrumentos tradicionais, e os cordofones em particular, fazem parte da sua existência e da sua música. O seu percurso a solo começa com um desafio vindo da Galiza e com o convite de Júlio Pereira, para fazer um trabalho discográfico que aliasse o canto ao cavaquinho. É a partir de todas estas experiências e vivências, que surge o disco “Cavaquinho Cantado”.

Daniela Azevedo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.