Raquel Tavares sobre a estreia nos Coliseus: «É o meu sonho de menina, o que me falta concretizar»

Raquel Tavares está prestes a estrear-se em nome próprio nos Coliseus

Raquel Tavares regressa ao palco dos coliseus mas, desta vez, em nome próprio, portanto podemos falar de uma estreia nesta sexta-feira, dia 21, no Coliseu dos Recreios, em Lisboa, e no dia seguinte no Coliseu do Porto. O preço dos bilhetes varia entre os 18 e os 45 euros.

De recordar que o coliseu lisboeta já a recebeu, em 1997, quando era a menina de 12 anos que venceu a Grande Noite do Fado.

A última vez que Raquel Tavares editou um álbum de originais foi em 2008, o “Bairros”. O novo disco tem produção de Fred Pinto Ferreira, João Pedro Ruela e Tiago Bettencourt.

De referir que há nomes internacionais sonantes no novo trabalho de Raquel, como é o caso de Caetano Veloso e Mallu Magalhães. Ainda podemos ouvir a participação de nomes portugueses como Rui Veloso, António Zambujo, Miguel Araújo, Jorge Cruz, Alfredo Marceneiro, Pedro Homem de Mello, João Dias, Carlos Rocha e Arlindo de Carvalho.

Admito que, até este terceiro disco, pouco conhecia de Raquel Tavares a não ser que era uma fadista raçuda, como a sua própria expressão facial testemunha. Mas é tão mais que isso. É uma mulher que, por esta altura, está cheia de nervos por se apresentar em duas salas de espetáculos, que canta que se farta, que é fã de Amy Winehouse e tem um vozeirão que impressiona pela semelhança com a falecida artista, que quis ser jornalista e gosta de rádios locais e… o resto é para ouvir nesta enérgica conversa à Rádio Comercial.

Daniela Azevedo e Raquel Tavares dias antes da sua estreia em nome próprio nos Coliseus
Daniela Azevedo e Raquel Tavares dias antes da sua estreia em nome próprio nos Coliseus


Os concertos nos coliseus são a primeira oportunidade para ouvirmos ao vivo os 12 fados que compõem o seu mais recente álbum, “Raquel”, do qual faz parte a canção ‘Meu Amor de Longe’ cujo vídeo, filmado à porta de sua casa, em Alfama, está mais abaixo.

Daniela Azevedo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.