2016: Balanços do mundo da música na Rádio Comercial

Rádio Comercial 2016

Por mais que se queira escapar deles, a verdade é que, com o aproximar do final do ano, chega também a temporada dos balanços: o que foi feito, o que ficou por fazer, o que poderia ter sido feito de maneira diferente, o que nos deixou em baixo e o que mais nos alegrou.

31 de dezembro é também a oportunidade para rever o filme do ano no mundo da música.

2016: Os premiados

Começo pelo mês de fevereiro de 2016 e pela 58.ª edição dos prémios Grammy que consagrou Taylor Swift como Álbum do Ano pelo disco “1989”, surpreendendo os que esperavam uma vitória do rapper Kendrick Lamar, favorito na categoria e líder de nomeações. A cantora, que se tornou a primeira mulher a ganhar duas vezes o principal troféu do evento, levou ainda o prémio de melhor álbum pop e de melhor videoclipe por ‘Bad Blood’, que é, por sinal, resultado de uma parceria com Kendrick. Mas há mais…

 

2016: As bizarrias e polémicas

O ano de 2016 começou com a polémica notícia do fim do programa de talentos “American Idol”. A notícia surge numa altura em que o “Factor X” também não apresenta grandes resultados e apenas o “The Voice” parece ser exceção. O “American Idol” chegou a ser o programa mais visto naquele país e um dos mais exportados, acompanhado por 11 milhões de espectadores na sua última edição, no ano passado, e em 2016 ficou de fora dos 25 formatos mais vistos pelos norte-americanos. O desinteresse do público ditou o fim do concurso de talentos que em Portugal era transmitido pelo canal de televisão SIC/Caras. A despedida do concurso apresentado por Ryan Seacrest e que ajudou a descobrir vozes como a de Kelly Clarkson, Adam Lambert e Carrie Underwood, está a ser encarada pelos críticos de televisão como o fim da era dos concursos de música. Mas também houve peripécias de Kanye West, Justin Bieber e até de Adele…

 

2016: O ano cor-de-rosa

A imprensa cor-de-rosa deste ano pode ter demonstrado que nunca é tarde para dar uma segunda oportunidade ao amor e Marc Anthony e Jennifer Lopez parecem ser prova disso mesmo. E quem mais fez as alegrias dos paparazzi?

2016: Regressos e separações

Um dos grandes regressos anunciados em 2016 foi o dos Guns N’ Roses. O zum zum começou em abril quando um pequeno grupo de fãs teve o privilégio de assistir ao primeiro concerto dos Guns N’ Roses com Axl Rose, Slash e Duff McKagan desde Julho de 1993, data do derradeiro espetáculo daquela formação, na Argentina. O reencontro destes três músicos aconteceu na sala Troubadour, em Los Angeles, com o teclista Dizzy Reed, o guitarrista Richard Fortus, o baterista Frank Ferrer e a teclista Melissa Reese – a primeira mulher a integrar o alinhamento dos Guns N’ Roses. Entretanto, foi anunciada a digressão “Not In This Lifetime” que passa pelo Passeio Marítimo de Algés a 2 de junho de 2017. Mas também nos deram notícias os ABBA, Richie Sambora, Phil Collins, Nelly Furtado, AC/DC, Major League, Kid Abelha, Azeitonas e Mind Da Gap.

 

Daniela Azevedo na Rádio Comercial

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.