Alejandro Jodorowsky e Roger Corman no MOTELX em setembro

Motelx 2017_topo

Os reverenciados cineastas Alejandro Jodorowsky e Roger Corman vão estar em Portugal na 11.ª edição do MOTELX – Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa, que decorre de 5 a 10 de setembro no Cinema São Jorge, no Teatro Tivoli e na Cinemateca Júnior (Palácio Foz).

Alejandro Jodorowsky, de 88 anos, foi recordado pela organização do MOTELX como o «psico-mago chileno que, com o seu “El Topo”, foi o pioneiro das sessões da meia-noite e criou ao longo dos anos um legado único no campo do surrealismo cinematográfico, que atraiu a atenção de figuras como Salvador Dalí, John Lennon, Pink Floyd ou Orson Welles».

Roger Corman, de 91 anos, foi apresentado como «um dos maiores cineastas e produtores independentes da história do cinema americano, rebelde de Hollywood que a Academia reconheceu com um Óscar Honorário e com quem começaram nomes como Martin Scorsese, Jack Nicholson e Robert de Niro».

Este ano, o MOTELX associa-se à programação de Lisboa, Capital Ibero-Americana da Cultura 2017, com a retrospetiva “O Estranho Mundo do Terror Latino”, onde os amantes do género podem comprovar a diversidade do cinema de género produzido na América do Sul e na Península Ibérica.

Motelx 2017
MOTELX 2017

Ao prémio MOTELX – Melhor Curta de Terror Portuguesa, no valor de cinco mil euros, competem nove filmes: “#Blessed”, de Diogo Lopes, “Carga”, de Luís Campos, “Depois do Silêncio”, de Guilherme Daniel, “Entelekheia”, de Hugo Malainho, “A Instalação do Medo”, de Ricardo Leite, “Mãe Querida”, de João Silva Santos, “O Candeeiro – Um Filme à Luz de Lisboa”, de Henrique Costa e Hugo Passarinho, “Revenge Porn”, de Guilherme Trindade, e “Thursday Night”, de Gonçalo Almeida.

Na secção Lobo Mau, dedicada aos mais novos, será exibido, pela primeira vez em Portugal, em sala, o filme de animação “O Livro da Vida” de Jorge R. Gutierrez e produzido por Guillermo del Toro. Além de sessões de filmes, na Cinemateca Júnior e, pela primeira vez, no Museu Coleção Berardo, a secção Lobo Mau inclui um peddy paper no Cinema São Jorge e um workshop de programação informática.

A oferta gastronómica da cerimónia de apresentação do MOTELX foi igualmente aterradora
A oferta gastronómica da cerimónia de apresentação do MOTELX foi igualmente aterradora (são tudo bolos, ok?)

O MOTELX inclui ainda o LAB, com masterclasses, conferências e workshops, e eventos paralelos, como a apresentação do livro “Os Melhores Contos de Edgar Allan Poe“, ou uma maratona de escrita fora de horas.

Outra novidade na edição deste ano é o piscar de olho do festival às novas tecnologias com uma aposta no gaming através de uma app desenvolvida pela Muxima e Virtual Fest, explicada por Carlos Gomes, do Virtual Fest.

 

Entre 31 de agosto e 2 de setembro há warm-up com festas, concertos e sessões de cinema ao ar livre no Largo de São Carlos e na Rua da Moeda, no Cais do Sodré.

De referir, também, que a easyJet é o criativo patrocinador principal da edição deste ano do MOTELX.

Daniela Azevedo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *