Ucanha: um lugar no Douro que parece fantasia

Praia fluvial de Ucanha

Nunca é demasiado tarde para nos surpreendermos e, no Douro, isso (felizmente) acontece frequentemente. Assim, propomo-nos a surpreendê-lo com as paisagens e lugares que parecem fantasia, seja pela peculiaridade das suas obras, a sublime intensidade da Natureza ou a magnificência do silêncio e paz que aqui se respira. Venha descobrir Ucanha connosco, uma magnífica aldeia perdida no Douro…

Ucanha está localizada na margem direita do Rio Varosa e será, de acordo com algumas tradições, a vila mais antiga das redondezas. A origem do seu nome pode estar relacionada com um casebre ou lugar de diversão. Nesta pequena aldeia perdida no Douro, nasceu o célebre filólogo e etnólogo José Leite de Vasconcelos, falecido em 1941 e o santo padroeiro da terra é São João Evangelista.

Um passeio sereno com monumentos bonitos e interessantes e paisagens sobre as também pacificadoras vinhas do Douro, é o convite mais delicioso que esta aldeia de sonho lhe faz, onde o espaço cultivado e as poucas casas habitadas lhe dão a certeza, numa das mais belas regiões do país, da tranquilidade que um visitante cansado do frenesim da cidade pode encontrar.

A Torre e a Ponte de Ucanha são joias raras do património edificado, sendo esta última considerada a mais bela ponte medieval de Portugal. A torre terá sido erguida em 1465, a mando do Clérigo D. Fernando.

Também deve visitar as ruínas românicas de Salzedas, no local de Abadia Velha, a Igreja Paroquial de Ucanha e património integrado e o conjunto de casas da Judiaria antiga. Todo o passeio tem de ser feito a pé, pois é fundamental apreciar as cores e ambientes de harmonia que aqui vai testemunhar ao caminhar nas suas ruas estreitas. Não receie perder-se. Aqui só há a rua Principal, rua Direita ou simplesmente Rua, por se tratar da única!

Aproveite, igualmente, para espreitar as Caves da Murganheira para poder apreciar o seu famoso espumante.

Mais em: Cruzeiros no Douro

Daniela Azevedo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.